Os patrões estão tratando a negociação como um circo onde os palhaços são os trabalhadores de TI! Após sinalizarem com um acordo que preserva os direitos dos funcionários, as empresas voltaram atrás e tentaram dar um golpe durante o encontro realizado com o Sindados na sexta-feira (04 de dezembro). Segundo apuramos junto a um diretor do nosso sindicato, os representantes patronais apresentaram uma proposta informalmente na quinta-feira em que aceitavam as condições pedidas pela categoria, mas tentaram inserir na cláusula de banco de horas mudanças que fugiam do que havia sido concordado anteriormente, melando a negociação.

A estratégia do sindicato patronal é clara e seus objetivos ficam ainda mais explícitos. Como denunciamos aqui no blog várias vezes ao longo do ano, a categoria está submetida a jornadas ainda maiores que antes, enquanto as empresas tentam driblar as obrigações de pagar os valores devidos aos trabalhadores. Agora as empresas tentam legalizar suas pilantragens rebaixando as regras do banco de horas, fazendo com que nós trabalhemos mais e recebamos menos!

O atual momento é de aumento sem parar das nossas jornadas e trabalho e das contas a pagar, enquanto nossos salários mal tem a reposição da inflação. Não deixe o discurso patronal te enganar, seu trabalho deve ser corretamente remunerado e você não precisa viver em função da empresa. A mobilização da categoria precisa crescer ainda mais para evitar essa derrota. Espalhe a informação entre seus colegas, demonstre sua insatisfação!